Valquiria Mac-Dowell
Intercambios

BLOG

Histórias de Intercambistas: Welcome to Nimbin

welcome to nimbin.png

Já ouviram falar de uma cidade na Austrália chamada Nimbin?  Nimbin é uma micro cidade de aproximadamente 450 habitantes, localizada no estado de New South Wales, a 700 km de Sydney.  É muito conhecida pelo cultivo, venda e consumo da maconha.  Embora o consumo de drogas seja proibido na Austrália, em Nimbin a polícia faz vista grossa e não imprime ações para coibir esse hábito.  É a cidade mais visitada por grupos de jovens ”paz e amor” adeptos ao consumo de drogas.  Calma, calma, não se assustem, não estou fazendo uma apologia às drogas nem ensinando o caminho para você quando estiver na Austrália.  É só para contar a historinha a seguir....

O Beto tinha 16 anos e foi fazer High School em Gold Coast.  Era um menino muito simpático, alegre, fácil de fazer amizades.  Logo estava enturmado com os outros estudantes estrangeiros e nativos também.  Tanto que sempre ia na casa dos amigos, se convidava para almoçar no domingo, sentia-se como um membro das famílias.  Sua host family também era legal e dava a ele toda a liberdade desde que ele sempre os colocasse a par das suas atividades.  E quando era para ficar na casa de amigos tinha que dar o telefone dos pais para sua host family contatá-los,  just in case.

Um dia comunicou a host family que ia passar o fim de semana na casa do Bill pois tinham que estudar para as provas da semana seguinte.  Sua host family já conhecia o Bill e sua família então não houve objeção.  Ficaram até contentes.  Avisaram que iam aproveitar sua ausência para “dar uma geral” no quarto dele pois estava uma bagunça.

Adivinhem para onde foi o Beto?  Já tinha combinado com os amigos, um deles tinha carro, que iriam para... Nimbin!

Sua host family começou a arrumar o quarto e encontraram várias pulseirinhas  de identificação de baladas que não permitem a entrada de menores de 18 anos.  Concluíram que ele tinha uma carteira de identidade com idade falsificada e ficaram muito preocupados.    Resolveram então dar uma olhada no Facebook.  E qual não foi a surpresa.  A primeira coisa que viram foi uma foto do Beto com um sorriso escancarado e fazendo pose exatamente ao lado da placa “Welcome to Nimbin”.  Acreditem, o Beto escondeu da família mas publicou no facebook.  Que Mané! Telefonaram para casa do Bill e este sim estava em casa sozinho, estudando.  Não tinha notícias do Beto.

O casal foi imediatamente na escola, levaram as pulseirinhas e a foto do facebook e falaram para a Diretora que não queriam mais hospedá-lo, visto estarem sendo enganados e desrespeitados.

Vale dizer que o visto de estudante para menores de 18 anos na Austrália contém todas as condições para a permanência do estudante no país e se uma daquelas cláusulas for infringida, o visto é cancelado e o estudante volta para casa imediatamente.

Domingo à noite Beto chegou em casa e os host parents perguntaram como tinha sido seu fim de semana.

- Normal.  Estou muito cansado, estudamos o tempo todo, não saí de casa para nada... (???)

No dia seguinte quando chegou na escola foi chamado ao Gabinete da Diretora:

- E aí Beto, como foi seu fim de semana?

- Pô  Mrs. Taylor, estudei o tempo todo, não fiz mais nada,  perdi  praia....

- Voce já ouviu falar em uma cidade chamada Nimbin?

- Não, nunca!  Onde fica?

- Não mesmo?

- Nãããão!

- Então como você explica sua foto ao lado dessa placa?  E virou o computador para o Beto.

Acham que ele se intimidou?  Olhou atônito para foto e disse:

- Nossa, quem é?  Como se parece comigo!

Aí a Diretora deu um basta.  Beto, por favor, vá em casa buscar sua passagem aérea e traga aqui que vou agendar sua volta para o Brasil nas próximas 24 horas.  Seu visto será cancelado imediatamente.  Acho que jovens às vezes aprontam e sabemos desculpar certas aventuras mas mentira não tem perdão.   E falsificação de documentos é crime.  Se eu denunciá-lo para a polícia você vai preso.   Aqui funciona assim.  Perdemos a confiança em você.

Essa história mostra bem o quanto vale a palavra.  As pessoas confiam no que você diz.  A família sempre acreditou no Beto.  Ele sempre foi digno de confiança até o dia que foi desmascarado.  Aí não tem volta.  Essa é uma lição, intercambistas: não quebrem a confiança que irrestritamente depositam em vocês.